Relaxamento - 05/05/2005
Ventura do Amor I




Se você não acredita mais no Amor e, que um dia possa ser feliz com alguém, faça essa visualização! Ajeite-se na cadeira, endireite a coluna vertebral. Respire fundo! Imagine a cor azul invadindo toda a sua mente e varrendo todos os pensamentos negativos que você tenha a respeito do amor. Conseguiu? Agora, embalado pela música imagine muitas rosas amarelas à sua volta. A cor amarela representa Oxum, o Orixá dos amores. Sinta o perfume das flores impregnando seu olfato. Sinta o aroma e agora, junto com o aroma, imagine uma pessoa especial vindo para você. Ela estende a mão e você vai ao encontro dela. Consegue imaginar o rosto e o aspecto dessa pessoa? Não?Não tem importância. Agora, abra os olhos e mergulhe na poesia do Espírito Azul. É um espírito feminino que ajuda as pessoas a encontrarem o Amor verdadeiro. Mergulhe num Mar de Amor! Depois passe para:
Amor

Ventura do Amor II

Amor é sempre Amor

Na doçura,

No frio,

Na amargura,

Na dor!

Amor é doce.

É salgado.

Não é bom e nem malvado.

Sonho sonhado...

Ventura.

Eterna jura.

Segredo desvendado.

Sonho acordado!



Amor é bom bocado:
Doce,

melado.

Amor é a areia do mar,

A onda matreira

levando

o correio dos amantes.

Sonhando à luz do luar.

Amor é a vida crua.

Amor é a verdade nua.

Amor é ventura

Vivida a cada instante...



Amor sempre amor!

Não existe tempo!

Amor verdadeiro

É puro em sentimento.



Procura-se amor na Terra...

Quem não encontra Amor, pensa: Onde estará?

Além da Morte?

Amor correspondido é questão de sorte?

Merecimento ou destino?

Ventura de Amor é tudo e mais um pouco.

Direção e desatino!


Amor é fruta vermelha.

Amor é uva na videira.

Amor é a laranja

no pomar.

Amar é energia pura,

Água fresca molhando os lábios.

Amar será o oásis no deserto de areia

e quentura?



Como é bom Amar!

Quem ama voa alto e alcança

o céu!

Antídoto contra o medo.

Claridade depois que

se tira o véu!

Sem medo,

sem dor.

Não importa a raça, a cor, a idade ou o lugar.

Quem Ama tem a chave da verdadeira porta.

Amor é a Esperança! Não tem fronteiras.Todos os lugares

pode alcançar!

Poder cheio de suavidade!

Amar! Amar!

O Amor entra na vida da alma incauta,

da desatenta, da realista,



de qualquer coração, desde que se abra

na alegria da conquista.

Intrigante e cheio de vida,

Transforma e purifica...

É a infância na maturidade,

Na velhice, o viço!

Quando acha moradia ele permanece,

eternamente fica.

Jamais envelhece!

Memória viva. Jamais esquece!

Apenas Amor!

Ventura...

Felicidade após amargura.

Prato feito depois da fome.

Cobertor depois da noite ao relento.

Puro sentimento,

Elixir que cura...

Alento!

Energia pura!



O que passa ele não leva.

Se o sonho acaba, não se entrega.

Se a luta persiste,

Ele se eleva até à Eternidade!

Por que é o Amor,

Vive de Amor!

Voa sem asas.

Sonha sem dormir!

Dorme acordado.

Amor é a leveza da pena voando na poeira do ar.

Carinho no rosto do amado!

Como é bom Amar!

Diana, Espírito Azul.


Poesia mediúnica 21/01/05


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003