Pitadas da Charlotte - 17/06/2006
Fantasias sexuais





Olá , queridos internautas ! Recebi um e-mail muito interessante que veio da Bahia. A internauta permitiu a publicação desde que sua privacidade fosse mantida.

"Charlotte, tenho 45 anos e estou casada há 15 anos. Meu casamento é bom, mas só consigo ter prazer com meu marido se tiver fantasias sexuais. Sempre imagino um homem diferente. Pode ser um artista de cinema, um galã,.... De outra maneira, demoro muito para ficar excitada. Isso é normal ? O que eu faço?..." T. Salvador- Ba

" As fantasias sexuais podem atiçar o desejo do homem e da mulher através dos fetiches: lingerie, objetos eróticos, personagens, fitas de vídeo. Os dois participam e gostam. Nesse caso, a imaginação se transforma em realidade. Você vive a fantasia.

Quando você imagina um lugar, já está lá. Sua mente se transporta para aquele local e você não está mais centrada no presente. Você pode viver suas fantasias sexuais com seu parceiro ou parceira ou simplesmente fantasiar sozinho.

As fantasias solitárias são naturais fazem parte do seu corpo e da sua mente. No entanto, a pessoa tem que saber separar a fantasia da realidade. Se a fantasia sexual está limitando sua vida com o parceiro e a pessoa costuma se isolar muito para ter compensação apenas na fantasia, algo está errado e precisa ser revisto.

Algumas fantasias são tidas como absurdas e fechadas a sete chaves. Apenas no campo mental, mas quando a pessoa fantasia o momento, fica excitada. Dependendo do que imaginou sente culpa, acha que está ficando louca. Algumas fantasias: fazer amor num lugar público, numa praia deserta, no elevador, no banheiro. Algumas fantasias são mais fortes: estupro, menage à trois, swing. Você sabe que está fantasiando, é óbvio. Você não está vivendo o momento. É muito diferente viver a fantasia e apenas imaginá-la.

A sociedade nos impõe regras de convívio e cada região, país ou época tem suas regras sociais. Temos também a nossa formação moral, ambiental, a educação dos pais. Dependendo de tudo isso, podemos nos sentir inibidos e achar que estamos sendo loucos ou imorais quando temos fantasias sexuais. Ficamos somente na fantasia, com receio de levar o imaginário para o real.

O que você deve fazer ou não? Isso depende da sua consciência, da sua vivência e também do seu parceiro ou parceira. Se ele quiser tentar algo diferente e você não se sentir à vontade, é bom conversar a respeito. De repente, o que você imaginou é uma coisa, quando vive na realidade pode não gostar. O casal pode conversar a respeito desse assunto.

Querida internauta, no seu caso, você põe a imaginação para trabalhar enquanto está com seu marido na cama. Quando fantasia que está fazendo amor com um galã do cinema , na verdade você não está com seu marido. Sua mente está longe, muito longe. Um sexo bom e apimentado precisa de concentração no momento presente. Quando mais concentrada tiver mais sentirá os ingredientes necessários para um sexo bem gostoso: o toque do seu marido, o cheiro dele, o corpo dele, a voz. Se você só consegue fazer amor com os galãs do cinema algo está errado com seu casamento. Procure averiguar as causas através do diálogo e expressando o que deseja para seu marido. As carícias que aprecia, suas zonas mais erógenas. Ainda ama seu homem? Então, fique bem pertinho dele no intercurso sexual. Pertinho é estar com a mente , o coração e corpo ligados no momento. Seu homem também tem que agradá-la , acariciá-la e prepará-la através dos carinhos e do clima gostoso. Esse clima gostoso é conseguido pensando em sexo . Se você deseja sexo tem que pensar em sexo até durante o dia. É preciso que vocês dois tenham tido um dia bem legal, com carinho, amor e muita criatividade. Um casal tem fases mais quentes e mais mornas, fases de maior proximidade e outras de mais retraimento. E, nem sempre significam o fim do seu casamento. Deixe sim sua imaginação se soltar, mas o faça com a participação do seu homem. Como são essas fantasias com os galãs de cinema? Traga-as para o momento presente! Imagine um sexo diferente com seu homem, converse sobre isso com ele. Fantasias permitidas, mas tudo tem sua hora. Na hora H , esteja com seu homem de carne e osso! Os galãs de cinema estão muito longe, minha querida."

Pitadas da Charlotte: O sexo começa primeiro no campo mental.

Solte sua criatividade na hora H, mas o que facilita muito é a concentração. Quanto mais concentrado e mais solto, melhor ficará o sexo. Não fuja do momento presente pensando nas contas a pagar, fantasiando o primeiro dia de emprego, a segunda-feira próxima. Querido ou querida, o amor é muito sensível! Nosso corpo também. Uma palavra dita na hora errada, um gesto mais brusco, podem estragar tudo!

Esteja exatamente na sua cama com o seu homem ou a sua mulher. Se algo estiver errado com o relacionamento conversem, briguem, aparem as arestas........mas não na hora, não é? Hora de transar, hora de transar. Hora de pagar contas , hora de pagar contas. Hora de levar filho na escola , hora de levar filho na escola. Agora, durante o dia, quando tiver um tempinho , explore seu corpo. Adore seu corpo, explore as cantinhos mais sensíveis e não tenha medo de se tocar. Fantasie o que quiser........para que na hora H, tudo seja muito especial! Ah, a música é um ótimo afrodisíaco para fantasiar, sonhar e se preparar para o momento especial! Mas a realidade é muito melhor.........a realidade existe!




beijinhos da
Charlotte


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003