Dona Cotinha - 31/08/2006
Como evitar a caduquice





Pois é , dei uma sumida, mas já estou de volta. Não me confundam com a velhinha de Taubaté, por favor! Ela morreu, eu não! Tantos sustos, violência, mensalão, meu coração vacilou um pouco, mas agora estou em ritmo de eleições. Afinal, estou com 106 anos! Admirado? Quero votar sim! Meu bisneto vai me levar de carro. Por enquanto , estou pesquisando a vida dos candidatos. E você, internauta, faça o mesmo. Depois, não reclame se o candidato eleito não cumprir as promessas. Você é que não soube escolher! To de OLHO NELES!

Os velhos agora não são mais velhos mas uma geração de "novos velhos" como afirmou um programa de TV dominical. Nossa expectativa de vida aumentou. Será que é bom viver tanto assim? Com saúde, boa memória e lucidez , vale a pena! E, pensando nisso, fiz um manual da caduquice. Leia com atenção. Será que você já está ficando caduco? Algumas dicas para evitar a caduquice:

Sorria sempre, mesmo sem vontade!

Trate as pessoas como gostaria de ser tratado.

Não deixe que o medo paralise sua vida. Às vezes, ele é útil. Quando sentimos medo, uma carga extra de adrenalina cai no sangue para preparar a gente para um perigo real. Perigo real, viu, gente? Não é de perigo imaginário que a velhinha aqui está falando. Por exemplo, durante o assalto a falta de medo pode levar você à morte. O medo inibirá sua vontade de reagir. Agora, muito medo deixa as pessoas nervosas e inseguras.

Ame muito! Ame seu companheiro, seu animal de estimação, enfim... amor nunca é demais!

Coma o suficiente! ( isso você está cansado de saber!) Nunca é demais repetir,não é?

Ouça música!

Dance e cante! Dance no salão, cante no banheiro. Solte-se!
Pratique esportes! Se tiver preguiça, azar o seu. Caminhar é sempre bom!

Não fale mal de ninguém; fazer fofoca é desperdício de vida.

Reze! Não é repetir o Pai Nosso decorado.. Assim, até o Mestre se cansa. Reze com o coração.

Não se exalte! ( esquentar a cabeça com as coisas, envelhece e faz horrorosas rugas)

Passeie muito! Nesta atual crise, se você não pode viajar, vá à casa de uma amiga, mas se distraia, pelo amor de Deus!

Evite sofrer muito! Cuidado com a dor de cotovelo muito prolongada. Faz mal ao coração!

Beba muita água! ( bem, isso também você já sabe)

Aprenda a dizer não! E, quando disser sim, o faça com sinceridade.

Ah, um cálice de vinho às refeições é muito bom! Eu tomo todos os dias e minha taixa de colesterol é normal para minha idade.

Faça amor! Relaxa o corpo e alma . Se você está sozinho, aguarde uma pessoa especial. Não saia por aí, agarrando o primeiro que aparece. Você sabe, as doenças estão à solta! ( no meu tempo não era assim!) Então, seja precavido no Sexo.

Não fique falando sobre doenças, achaques, dores. Vão lhe chamar de velho.

Não fique se queixando o tempo todo.(sintoma gravíssimo de caduquice iminente!)

Pare de remoer o passado. ( fuja da arteriosclerose)
Seja vaidoso, mas nem tanto.

Faça o Bem!

Se já está aposentado não pare! Mantenha a mente e o corpo em atividade.

Raiva e ódio faz muito mal à saúde. Tudo passa, meu filho! Que tal o perdão? Se ainda não consegue perdoar, pelo menos , não fique pensando tanto naqueles que o magoaram.

Leia muito! 

Navegue bastante na internet, mas nem tanto. A telinha mágica vicia e digitar muito provoca LER ( lesão por esforço repetitivo) Saia ao ar livre!

Faça algumas loucuras ou coisas diferentes...Inove, pelo amor de Deus!

Ih... se você começar a juntar muito cacareco, sinal de velhice iminente!

Faça uma faxina no seu armário sempre que puder. Doe tudo o que não precisa.  

Se você conseguiu ler o texto, está de parabéns. Paciência é um elixir da juventude. Mau humor deixa o olhar carregado e a testa franzida. 
 
Ah, tenha paciência com os velhos e as crianças. Você já foi um bebê muito chorão e será um velho(a) também. Lembre-se disso!

Não tenha medo de ser feliz! Todos merecemos a felicidade!
Não tema a Morte! Não adianta! Mesmo morrendo de medo ela, um dia ,virá lhe buscar. Cuide bem da sua vida, do seu corpo e da sua alma. Deixe o que não pode controlar nas mãos de Deus! Seja feliz!

Sinais de provável caduquice:

Juntar cacarecos como: papéis, tampinhas, plásticos. Ah, você trabalha com reciclagem? Bem, aí é outra coisa.

Mania de organização. Irritabilidade fácil quando perde objetos. Mania de limpeza pode ser um sintoma de transtorno psicológico. Minha bisneta é psicológa. Aprendi com ela.

Esquecimento. Esquece datas importantes, fatos coloquiais, mas necessários. A memória fica muito vívida com fatos do passado. Você pode estar muito estressado ou cansado. Fique de olho! Se a memória falhar muito vá a um médico.
Não tem paciência com crianças. Tudo o irrita. Desconta sua agressividade e frustrações no cachorro, no gato, na mulher, no marido, enfim, você se torna uma pessoa ranheta.

Queixas. Você começa a se queixar de tudo: do mau tempo, do bom tempo, da chuva, do calor, do sol. Acrescentando isso ao fato de falar sozinho, ih, péssimo sinal!

Muito preocupado com seu corpo. Presta atenção se o coração está batendo direito, se o intestino funciona, dói ali e dói aqui... A dor "anda" de um lado para o outro e, quando você vai ao médico, está tudo bem! Mexa-se e ocupe seu tempo!

Rosto carrancudo. Acorda de mau humor e continua de mau humor durante todo o dia. Jamais sorri ou se o faz não é com freqüência. Se não sofrer de prisão de ventre, significa alto índice de caduquice.

Só vê o defeito dos outros. Fala mal do vizinho, da vizinha, do amigo, do colega de trabalho. 

Manias de toda ordem: só se senta na mesma cadeira ou na ponta do sofá. Se vê o chinelo virado, desvira na mesma hora. Não suporta mudanças.

Leva as coisas muito a sério. Não sabe brincar, não aprecia piadas ou o bom humor das pessoas. Pessoa que se melindra demais é um ótimo candidato à caduquice!
Tendência a se isolar muito das pessoas. Em grau acentuado, pode ser indício de depressão ou outro problema. Cuide-se!

Acha que não precisa aprender mais nada. Falta de interesse pelas coisas, pessoas e situações.



Cotinha Fernandes


 Cotinha é nossa personagem virtual. Leia a entrevista de Dona Cotinha, clicando aqui!Entrevista com Dona Cotinha.


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003