Pitadas da Charlotte - 25/11/2006
Você acha que o homem só pensa em sexo?




Queridos internautas, um e-mail me intrigou bastante. Nossa querida amiga do estado de São Paulo permitiu a publicação de parte dele:

"Querida Charlotte, tenho 35 anos , casada , dois filhos. Meu marido tem quarenta anos. Vivemos relativamente bem. Trabalho como louca em dois períodos, dois empregos, para ajudar no orçamento doméstico. Pensamos em comprar nossa casa própria. Sonho antigo. Chego sempre morta de cansaço, doida para tomar um banho, jantar e colocar as crianças na cama. Só penso em descansar e dormir. Mas meu marido só pensa em sexo. Ele fica acordado me esperando enquanto tomo banho. Não adianta demorar, me atrasar, disfarçar. Ele me espera com os olhos bem acordados e disposto, sempre disposto. Não agüento! Não basta sexo de 15 em 15 dias? Ou pelo menos uma vez por semana? Será que ele não vê que além de trabalhar, tomo conta da casa e dos filhos dele? Estamos brigando muito por conta disso. Amo meu marido e não quero perdê-lo, mas por que eles só pensam em sexo?"

- Rita, Jundiaí- SP


Rita, cito uma frase do livro "Marte e Vênus juntos no quarto" de John Gray:

" O sexo pleno é o caminho mais poderoso para abrir o coração de um homem e ajudá-lo a sentir seu amor e expressá-lo para uma mulher."

"Mulher deseja romance. Homem quer sexo." São diferenças fortes, mas complementares. A mulher tem que ser sensível o bastante para entender que o homem expressa seu amor através do sexo. E o homem tem que ser sensível o bastante para entender que a mulher precisa de romance para se sentir seduzida e ficar excitada. Como integrar desejos tão diferentes?

Quando a mulher nega sexo a um homem , ele se sente rejeitado e mal amado.

"O sexo permite que o homem sinta sua necessidade de amor, enquanto receber amor ajuda a mulher a sentir sua fome de sexo."- John Gray.

Quando o casal mantém em harmonia o ritmo sexual, tudo parece fluir melhor. No homem, o sexo é a conexão para o amor. Na mulher, o romance é a conexão para o sexo.

As mulheres de hoje estão mais informadas e mais liberadas. Parece que essa diferença não é tão gritante. Um bom sexo pode ajudar a resolver problemas de relacionamento. Assim, como problemas de relacionamento podem dificultar o entendimento na cama. A cama, um sexo delicioso, é um bom lugar para descarregar as tensões do dia a dia, querida internauta.

Cansaço não é motivo para não fazer sexo. Sinto em você uma certa mágoa. Parece que está querendo punir seu parceiro pelo excesso de trabalho ou acúmulo de tarefas. Seu marido não pensa demais em sexo. Você é que não pensa em sexo. Necessário dividir tarefas, conversar a respeito do ritmo de cada um. O interesse exagerado pelo seu marido em sexo não é a causa do seu problema. A causa está em você mesma e no ritmo do casal. Questões mais profundas parecem estar a nível inconsciente gerando mágoa e ressentimento.

O "sexo maravilhoso" exige comunicação entre o casal e amor, muito amor. Quando nos fechamos para o parceiro, não nos entregamos sexualmente. A mulher não se lubrifica e pode ocorrer até vaginismo. O homem sensível sabe que a mulher precisa de vários elementos para se sentir no ponto. O homem não. Precisa apenas estar com o membro ereto. Essa é a sutil diferença.

"Um homem não entende instintivamente que as necessidades sexuais da mulher são drasticamente diferentes das suas na cama. Ele entende equivocamente que o que o faz feliz também a fará feliz." - John Gray.

O companheiro da internauta se frustra e se sente rejeitado quando ela demora propositadamente no banheiro para evitar o sexo. Ela fica com raiva quando ele insiste em fazer sexo, quando ela está cansada e indisposta. Interpreta como egoísmo e falta de amor. O homem interpreta a rejeição da mulher como indiferença e falta de amor. Compreendeu que isso poderá afastá-los completamente um do outro?

Sexo bom precisa de paixão e qualidade. Não é necessária quantidade de sexo. Uma conversa sincera, um encontro fora do lar, poderá amenizar os desentendimentos. No sexo, não pode haver egoísmo. Ele só pensa no prazer dele. Ela só pensa em seu cansaço. Os dois se distanciam, até que ele desiste de procurá-la. Aí, que mora o perigo. As oportunidades fora de casa são tentadoras. Depois, a mulher não compreende a traição do marido. O casamento parecia bom. Não estava.

O casal tem que aceitar essas diferenças que fazem parte da essência masculina e feminina. A confiança e a entrega exige diálogo e sensibilidade. Uma mulher cansada e com raiva vai punir o marido negando sexo. Um comportamento infrutífero. Deverá refletir sobre as possíveis causas de sua mágoa. Causas físicas também tem que ser investigadas: stress, depressão, vaginismo, tensão menstrual entre outros. Um homem egoísta que não pensa no prazer da parceira pode prejudicar o relacionamento do casal.

Se você quer que sua união seja preservada como um tesouro faça um bom sexo com seu companheiro. Não leve para a cama, mágoa, ódio ou ressentimento. O sexo bom relaxa. Uma vez por semana, duas vezes, de 15 em 15 dias, não importa. Isso é de casal para casal. Estão satisfeitos? Felizes? Mulher, leia sobre sexo, pense em sexo. Isso ajuda e não seja uma egoísta. Em vez de dizer sempre não, diga sim. Que tal uma rapidinha para relaxar o maridinho? Depois, faça ele prometer que da próxima vez, ele vai pensar no seu prazer e satisfazê-la.

Homem, seja suave, tenha mãos suaves. O segredo da sedução de uma mulher pode estar no toque suave do marido. Saber tocar. Ter sensibilidade para saber como tocar e aonde está o lugar sensível da parceira. Um bom sexo é atiçado pelo tom da voz. Carinhoso. Meloso. Excitante. Pelas palavras.

Mulher deseja romance. Seja um romântico na cama e sua mulher vai se transformar numa "fêmea fatale."
Até mais!

bjos da



Charlotte



Bibliografia consultada: Marte e Vênus no quarto- John Gray, Phd. - Editora Rocco.


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003