Psicologia - 02/12/2006
A emoção da felicidade





Você tem o direito de ser feliz! Por que não se sente feliz na maioria dos momentos de sua vida? A instabilidade da vida, as dores, doenças e a morte são obstáculos para a felicidade. As dores podem comprometer sua efêmera estabilidade causando frustração. No entanto, elas passam. Até os amores passam. É possível um quinhão de felicidade mesmo vivendo num planeta turbulento? É possível.

Temos medo da felicidade! Parece que o mundo carrega nas costas muita culpa e remorso! Como posso ser feliz se há pessoas passando fome, se meu pai está doente, se minha mãe faleceu? Como posso me sentir feliz se estou desempregado e cheio de dúvidas? A felicidade momentânea feita apenas de alegrias, pouco serve. Quando as alegrias vem, a gente se acostuma. E nem enxerga mais!

Raciocine comigo. Você compra uma linda TV de plasma com muitos sacrifícios. Quando ela chega em sua casa todos sentem uma grande sensação de euforia. Os dias passam e pronto! A televisão , agora, faz parte da sua casa e da sua vida. A euforia passa. E você, começa a desejar outra coisa. Esquece um fator que poderá deixá-lo mais feliz: gratidão. Reconhecer a cada dia que passa, o que você tem de bom. Surpreenda-se ! Faça um trabalho de memória para que seu psiquismo se surpreenda com as coisas que você tem. Não falo apenas de coisas materiais, mas de valores espirituais, pessoas, amigos, amores.

Vamos refletir. Está apaixonado! Seu sonho de felicidade é casar com a pessoa amada. Consegue realizar o sonho e se sente o homem mais feliz do mundo. A euforia vem novamente causando uma série de emoções positivas. No entanto, o tempo passa e a esposa está sempre ali...sempre ali. Faz parte da sua vida, da sua casa. E, você não se surpreende mais com a mulher amada. De repente, se sente infeliz!

Então, meu caro, ser feliz não é viver de alegrias, mas ser alegre , fazer alegria. Faça alegria! Surpreenda-se! Observe uma criança brincando. É infeliz ? Não! Porque ela procura coisas novas. Procura emoções novas e faz alegria.

Felicidade é uma conquista que se inicia na responsabilidade perante nossos pensamentos, atos e escolhas.

Quando você se responsabiliza pela sua felicidade, ela vem! Há uma compreensão maior do significado real da vida. As emoções mundanas são vividas, mas sem tanto apêgo. Compreendendo melhor a lei da causa e efeito sabemos que todo sofrimento tem uma causa justa.

Os mais infelizes nem sempre são os doentes terminais, os desempregados, os solitários. Os mais infelizes são aqueles que vivem na crença da infelicidade. Responsabilizam apenas a sorte ou o azar pelo que lhes acontece durante a vida.

Os mais felizes nem sempre são os mais saudáveis, os ricos, os famosos, os belos. A felicidade está onde nem se imagina. Uma questão de conquista mesmo que independe de fatores materiais ou conquistas passageiras.

Nós causamos sofrimento a nós mesmos e aos outros, através das ações pautadas no egoísmo, na vaidade e no desejo de poder.

Ah, se você é um homem preocupado, tenso, será difícil se sentir feliz. A preocupação captura a felicidade. Rouba felicidade. Rouba alegria. Apegado à matéria ? Será destinado à infelicidade, porque se perder tudo, sua felicidade já era.

Observo que as pessoas ocupadas, aquelas que mais realizam do que criticam são mais felizes do que as críticas. Quem muito critica, perde energia observando o trabalho de outrem. Os invejosos não são felizes. A alegria alheia faz mal para os invejosos.

Você é uma pessoa totalmente voltada para sua dor? Sua infelicidade será o dobro. Aumentará sempre. Os egoístas fingem que são felizes.

Fazer o Bem é uma fábrica de felicidade! Quanto mais ajuda, mais será ajudado. Mas fazer o Bem espontaneamente! Aqueles que fingem ser bonzinhos só para agradar os outros ou manipular as pessoas, jamais serão felizes. Por que? Não fazem o Bem pelo próprio Bem, esperam sempre por gratidão e reconhecimento. Esperar gratidão e reconhecimento pelo Bem que fazemos é humano. Natural sofrer quando alguém nos decepciona. Entendendo a lei da Justiça Divina e sua Infinita Misericórida, tudo que plantarmos será colhido um dia.


Todos temos direito à felicidade. Ela depende, em parte, de nossa evolução espiritual. Cada degrau que subimos na senda da evolução é alegria somada.

Quando a capacidade de ser feliz , de sentir prazer naquilo que se faz está comprometida, pode ser o início de uma depressão. Um dos sintomas da depressão é a perda da capacidade de sentir prazer nas atividades que antes eram prazerosas. Nesse caso, você deve procurar um profissional.

Nossas emoções são espontâneas e instáveis. O mundo dinâmico. A felicidade verdadeira é serena como um lago tranquilo. Satisfação sexual, amor, realização profissional, sucesso, podem até causar emoções positivas. Mas duram pouco se você não cuidar das suas emoções.

A felicidade é mais presente naquelas pessoas com maturidade psicológica e espiritual. São mais resignadas e costumam aceitar os revezes com mais naturalidade. O mundo está mudado. As pessoas estão mais frágeis e mais dependentes de remédios que causam felicidade.

Agora, a culpa de tudo é a falta de serotonina no cérebro. Por que será que as pessoas estão mais ansiosas e infelizes? Por que será que até as crianças sofrem de depressão?

O homem imediatista e digital. Pressa. Valores espirituais e familiares são esquecidos. É a busca do prazer rápido e fácil. Tomo drogas para me sentir bem. Bebo para ficar animado. Troco de parceiro como mudo de roupa. Nada me satisfaz. Uma aflitiva sensação de vazio.

Precisamos integrar à nossa mente , emoções mais perenes e serenas. O encontro do homem consigo mesmo é o início da serenidade.

Viva no mundo , mas não se envolva muito com ele. Preserve-se! Surpreenda-se como uma criança!

Felicidade é uma conquista! Como desejar felicidade se as suas ações são contrárias à Lei de Amor e Harmonia?

Você tem que merecer a felicidade!

Estudando um pouco sobre reencarnação poderá entender o mecanismo da felicidade.

Alguém me perguntou: "Por que as pessoas boas sofrem tanto?"

Será que sofrem mesmo? Ou é pura projeção sua? Aqueles que se destinam a aliviar o sofrimento alheio não estão preocupados com reconhecimento ou gratidão. Fazer o Bem é por si só um gerador de felicidade.

Acreditando na pluralidade das existências encontramos a resposta para todas as dores e sofrimentos não explicados na existência atual.

Mesmo assim, viva no presente! As pessoas conectadas ao presente são as mais felizes e espontâneas. Tem um grande gerador que atrai pessoas e boas situações.

A felicidade está na mente, naquilo que pensamos. Agimos conforme pensamos.


A felicidade faz parte da sua essência divina!

"Todos nós somos deuses!"- assim, disse Jesus.

Seja feliz!


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003