Cantinho da Leitura - 22/12/2006
Verinha Verdadeira: Mensagem de Natal




No ano de 2006, algumas palavras fizeram parte do vocabulário brasileiro. Os brasileiros aprenderam mais sobre o vocabulário, mas a que preço, não? Lembra-se das palavras que doeram em nosso coração? Lavagem de dinheiro, sanguessugas, fraude, extorsão, seqüestro, mensalão, pizza, corrupção,impunidade e por aí vai.

Sanguessuga nunca fez parte da minha vida. No Dicionário Aurélio, a sanguessuga é um verme aquático que tem ventosas, usado antigamente para fazer sangrias. Um bichinho bonzinho, mas asqueroso. No entanto, sanguessuga pode ser também uma "pessoa exploradora."E como as coitadinhas das sanguessugas fizeram parte da mídia brasileira. De repente ficaram famosas, não?

Você sabe o que é "lavagem de dinheiro?" Não é colocar no tanque , lavar, enxaguar na máquina. Dinheiro sujo precisa ficar limpo. Dinheiro do tráfego, do crime, precisa ser lavado através de empresas fantasmas. Fantasma também foi uma expressão muito usada no Brasil em 2006.

Fraude; logro , abuso de confiança.(dicionário Aurélio- Editora Nova Fronteira).

Muita gente graúda se aproveitou da aposentadoria dos nossos idosos.

Os verdadeiros fantasmas ficaram incomodados com tanta fama indevida: empresa fantasma, dinheiro fantasma, gente fantasma. Que coisa!

Quando eu era criança, meu pai sempre foi muito rígido. Honestidade foi um princípio rezado em todas as cartilhas da minha família. Devolver o livro emprestado, a borracha e a caneta na escola. Quando encontrar algum livro na escola, devolver na Secretaria. Não mentir, não roubar. Um dia , eu menti. Meu pai me colocou de castigo. Fiquei um dia inteiro sem brincar com as amiguinhas. Punição justa.

Lembrei-me da palavra impunidade. Aquele que ficou impune: imune à punição.(Dicionário Aurélio- Editora Nova Fronteira). Lembrei-me com tristeza de lares destruídos pelos próprios filhos. E mais assassinatos e crimes cometidos por conta da ambição e do egoísmo. A impunidade é uma força psicológica. Dentro da mente do criminoso passa a seguinte mensagem: "Você não ficará preso. Nada vai acontecer." Ninguém quer sofrer, ninguém quer ficar preso. Geralmente, quem comete um crime premeditado acha que vai ficar impune ou conseguirá fugir. Não há correção, as leis brasileiras são complicadas , um emaranhado de burocracia.

Dois jovens ficaram um ano na cadeia , porque foram acusados injustamente de roubar um celular. Um ano perdido! A mulher que foi condenada, porque roubou manteiga! E o homem que assassinou a ex-namorada , atirando pelas costas. Até agora não foi preso.

A palavra rebelião também ficou muito famosa no Brasil. Rebelião nas cadeias e presídios. Superlotação. A cadeia é como se fosse a escola do crime. Parece que não há saída. Se eu correr, o bicho pega. Se eu ficar , o bicho pega. O brasileiro fica sem saída.

Assim, eu cresci com essa formação de caráter sabiamente ensinada pelos meus pais e minha família. Fiquei muito triste, quando assisti esse torneio de palavras sambando em minha televisão. O voto para mim é sagrado. Votei nos políticos, depositei a minha confiança em seu trabalho e sua honestidade. E, daí? Será que eles esqueceram esses valores de honestidade, caráter e brio? Acho que sim! Óleo de peroba vendeu bastante nos supermercados, não?

Não fique triste, brasileiro internauta. Nesse final de ano, você ficou muito mais esperto e sábio. Sei que a pizza faz parte da sua vida, não é? Quem não gosta de comer uma bela de uma pizza no final de semana? Agora, algumas pizzas são insossas, amargas e difíceis de engolir, não? Principalmente aquelas que estão fazendo em Brasília.

No meio das fraudes, graúdos empresários, políticos e até homens da polícia. A palavra confiança saiu do Ibope. Que pena!

No entanto, Verinha verdadeira é verdadeira, mas otimista. Peço a Deus, força para continuar acreditando no meu país. Vergonha na cara, brios, honestidade. Não desistam de lutar por um Brasil melhor!

Façam uma mentalização. Imaginem a tela da sua televisão recheada de novas palavras fresquinhas, fresquinhas: honestidade, progresso, espiritualidade, justiça e principalmente Amor.

Quem tem amor pela Pátria, não se deixa levar por tanta safadeza. Quem tem amor pelos brasileiros, sabe respeitar esse povo sofrido e "alegre por natureza". Alegre sim, burro não. Sofrido sim, masoquista não! Honesto sim, mas bobo não!

Coloquem essas palavras como papel de parede ou protetor de tela em seu micro: Progresso, Saúde, Justiça, Amor, Honestidade, Caridade e Fraternidade.

Deixe as sanguessugas em seu habitat natural e pense no dinheiro limpo, mas suado, jorrando em sua vida. Dinheiro honesto fruto do trabalho digno e valoroso. Acredito que ainda existam líderes políticos honestos, grandes líderes. Acredito num novo ciclo para o Brasil onde as leis serão mais justas.

O homem ainda está se aperfeiçoando. Mesmo no meio de tanta lama, violência e corrupção, vejo luz no final do túnel. Gente honesta e pobre que devolve uma grande soma de dinheiro encontrada no lixo. Bombeiros que entram na água da enchente para salvar uma criança ou um cãozinho.

Alguns crimes solucionados e severamente punidos. Na minha intuição , há algo no ar. A democracia estabelece em nós, responsabilidade. Responsabilidade de fazer cada um sua parte, respeitando seu espaço e o do outro.

Faça sua parte com mestria, honestidade e fé em si mesmo! Não fique apenas criticando! Trabalhe duro e não caia nas malhas da depressão ou na conversa de quem diz:" Meu, vamos fazer isso....que você ganhará dinheiro rapidinho."

O grande salto para um mundo melhor vem da raiz familiar, dos jovens e das crianças. Investimento na saúde, nos empregos. "Mente ociosa, oficina de Satanás."

O Brasil valoroso, "lindo por natureza" tem que continuar lindo. Ame seu país com paixão, fazendo um pouquinho de cada vez: na sua própria rua, no seu próprio bairro, na sua comunidade. "Ensine pelo exemplo." "Caráter"- palavra mágica que não se deixa conspurcar, macular.

Acredito na Justiça Perfeita e divina. Esta nunca falhará e um dia, sei, que nossos filhos, netos e bisnetos , certamente viverão num Brasil "gigante pela própria natureza",gigante de progresso!

Tenho dito!

Feliz Natal!

Verinha Verdadeira.


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003