Cantinho da Leitura - 18/01/2007
Mini- conto: A cartomante






Maria estava desiludida com o Zé, seu namorado.Assalariado. Vida difícil. Sem planos. Namoro insípido. Sem sal e nem açúcar. A amiga Lúcia resolveu animá-la:

- Vamos a uma cartomante ótima, Maria. Você está muito desanimada. O Zé é louco por você! Pára com isso, amiga!- replicou Lúcia.

- Ela é boa mesmo? Então, vamos agora!!! Quem sabe ela vê um milionário em minha vida? - jogou os cabelos longos e negros para trás. Tinha consciência da sua beleza selvagem. Queria mudar de vida.

A cartomante era uma velhinha de rosto enrugado como um mapa. Olhos pequenos, apertados. Mãos ágeis no baralho amarelado e ensebado. Maria estava nervosa. A velha olhou as cartas e afirmou com voz pastosa:

- Vejo um rapaz alto, magro e de olhos esverdeados. Seus olhos mudam de cor. Estranho isso... - afirmou, enquanto olhava fixamente as cartas.

- Meu namorado é gordo e pobre!- retrucou Maria dando um longo suspiro. - Esse rapaz magro é rico ?- perguntou curiosamente. Seus olhos brilhavam de cobiça. A velhinha olhou para a jovem e respondeu:

- Riquíssimo! Milionário! Dependerá apenas de você a mudança da sua vida. Se você o amar de verdade vai herdar tudo quando ele morrer. Somente um amor verdadeiro mudará sua vida.- afirmou, categórica enquanto guardava o baralho.

Maria acreditou na cartomante. Viu como um filme todo o seu futuro: carros, casas, dinheiro, viagens, talão de cheque. Afinal, Lúcia, sua amiga, havia garantido que a velhinha acertava tudo! Supimpa! Boca santa!

A jovem queria novos horizontes e terminou de vez o longo romance com o gordo e pobretão Zé. Era bonita e, logo, conheceria o milionário. Seria muito feliz!

Zé ficou algum tempo triste e cabisbaixo, mas...Meses depois, Zé fez um joguinho tímido na Loteria. Ganhou sozinho na Mega Sena! Fez uma cirurgia de redução de estômago, mudou de casa, não deixou endereço e trocou todo o guarda-roupa. Realizou um sonho antigo: comprou lentes de contato coloridas. Meses depois, o Zé pobretão transformou-se no Doutor José, de carro importado, alto, magro e de olhos esverdeados. José mudava a cor dos olhos de acordo com o humor do momento.

Maria nunca mais ouviu falar do Zé...Até hoje dizem, que ela está à caça da velha cartomante que sumiu do mapa!



Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003