Cinema - 03/06/2007
Sob o sol de Toscana






Título Original: Under the Tuscan Sun

Gênero: Drama

Ano de Lançamento (EUA): 2003

Site Oficial: http://tuscansun.movies.go.com

Estúdio: Touchstone Pictures / Tatiale Films

Distribuição: Buena Vista Pictures

Direção: Audrey Wells

Roteiro: Audrey Wells, baseado em livro de Frances Mayes

Produção: Tom Sternberg e Audrey Wells

Elenco:

Diane Lane (Frances Mayes)
Raoul Bova (Marcello)
Sandra Oh (Patti)
Vincent Riotta (Sr. Martini)
Dan Bucatinsky (Rodney)
Valentine Pelka (Jerzy)
Kristoffer Ryan Winters (David)
Lindsay Duncan
Kate Walsh
Ralph Palka
Elden Henson


Música: Christophe Beck

Fotografia: Geoffrey Simpson

Desenho de Produção: Stephen McCabe

Direção de Arte: Gianfranco Fumagalli e Gianni Giovagnoni

Figurino: Nicoletta Ercole

Edição: Arthur Coburn

Texto:






Frances Mayes (Diane Lane)é escritora e mora em São Francisco. Após um divórcio muito sofrido, vai passear na Itália onde se apaixona por uma velha casa de uma chácara em Toscana. Ela compra a casa e, com a reforma, revive sentimentos e recomeça a vida.

O filme tem algo especial: participação especial do renomado cineasta italiano Mário Monicelli, no papel do nostálgico senhor que coloca flores num altar à beira da estrada. Há uma linda mensagem entre a protagonista e esse senhor. Veja o filme e analise!

Emoções despertadas pelo filme:

Se você é mulher e se sente solitária:

Se está muito deprimida,escolha uma comédia ou assista o filme com uma amiga ou alguém da família.

Em alguns momentos, nas mulheres sensíveis, o filme pode despertar uma leve sensação de nostalgia ou tristeza.

Principalmente se você está sofrendo de dor de cotovelo.

Saudade ou solidão aguda.

No entanto, compensa porque a fotografia é ótima, as paisagens lindas. Despertam agradáveis sensações.

Além disso, Sob o Sol de Toscana nos ensina o quanto é bom ajudar os outros e ser uma pessoa querida.

Diane é uma personagem cheia de vida e criatividade. Nesse filme, se você estiver muito "down" poderá descobrir dentro de si, o quanto é bom deixar fluir a vida. Tudo acontece ao seu tempo.

Bom para introjetar sentimentos de auto-estima, vaidade e refletir sobre o seu auto-aprimoramento.

A vida traz dentro de si as próprias descobertas.

Como se diz no filme:

"Coisas inesperadamente boas podem acontecer até o fim."

Há uma lição dentro do filme muito especial contada na forma de uma historieta. É mais ou menos assim:

" Quando eu era criança queria encontrar joaninhas. Vivia procurando por elas. De tanto procurar, cansei e adormeci na relva.
Quando acordei, as joaninhas estavam sobre mim."


Refletiu?

Se você é homem:

Alguns homens não gostam desse tipo de filme. Podem achar até água com açúcar. Mas, num dia de chuva, com a namorada ou a esposa, pipoca e uma bebidinha... é muito legal.

Desperta nos casais, uma agradável sensação de segurança e plenitude.

Resgata sentimentos de carinho e ternura.

O enredo é repleto de lições de amor, fraternidade e alegria de viver.

Sob o Sol de Toscana representa o alegre povo italiano, seu amor e vontade de viver.

As fotos de paisagens, o lindo verde das montanhas, as vielas italianas, relaxam e trazem bem estar!

RELAX MENTAL RECOMENDA!





Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003