Cinema - 14/07/2008
Da Magia à Sedução( com Sandra Bullock)



Duas irmãs descendentes de feiticeiras tentam levar uma vida normal, mas sofrem com uma maldição que diz que todo homem que se apaixona por uma integrante de sua família é levado à morte. Com Sandra Bullock, Nicole Kidman, Aidan Quinn, Stockard Channing e Dianne Wiest.

Há mais de duzentos anos , Maria Owens (Caprice Benedetti) foi condenada a morrer na forca por praticar bruxaria. Além disto, tinha se envolvido com vários homens casados da região e, como as mulheres de seus amantes eram do Comitê de Enforcamento, isto ajudou ainda mais a fazer com que Maria fosse condenada. Porém, graças ao seu dom, que todos temiam, ela conseguir escapar da execução, foi banida para uma ilha e, grávida, ficou esperando a chegada do seu amante, que não apareceu. Na sua dor e desespero, ela enfeitiçou a si mesma, desejando nunca mais amar alguém. Mas a amargura cresceu e o feitiço virou uma maldição, na qual todo homem que amasse uma Owens morreria e todas as suas descendentes herdaram seus poderes mágicos e sua maldição.

Desta maneira morreu o pai de Sally e Gillian,e pouco depois a mãe delas morrendo também. Deste modo, as duas meninas foram morar com suas tias (Dianne Wiest e Stockard Channing), que também eram bruxas. Quando se tornam adultas, Sally (Sandra Bullock) se mostra bastante reservada, enquanto Gillian (Nicole Kidman) foge de casa para ter o primeiro de muitos namorados. Após algum tempo Sally se casa, tem duas filhas e passa a ser tolerada pela sociedade, mas isto não impede que seu marido morra atropelado. Até que chega o momento em que Sally parte para socorrer Gillian, que se envolveu com Jimmy Angelov (Goran Visnjic), um búlgaro agressivo, que as ameaça. Sentindo que correm perigo, as duas o envenenam, mas temendo as conseqüências de tal ato Gillian convence Sally que o melhor é trazê-lo de volta à vida, o que trará uma série de complicações junto à polícia e com seus próprios poderes e suas conseqüências.


Maria Owens( Caprice Benedetti) foi a precursora da maldição. Ela atraiu a raiva das esposas cujo maridos havia seduzido. Tudo o que plantamos nós colhemos.
As duas irmãs, Sally e Gillian tem um trabalho a fazer na terra. Romper com o medo e o karma adquirido pelas mulheres da família.

Jimmy Angelov, o búlgaro agressivo que se envolveu com a irmã de Sally teve o que merecia. Você vai ver nesse filme a materialização desse espírito desencarnado. Entenderá que a morte não santifica ninguém. E cada um ficará na dimensão que lhe é própria.

As mulheres da cidade que discriminavam as bruxinhas começam a respeitá-las e as ajudam num ritual para afastar o espírito do búlgaro.

Muito significativo o afeto das irmãs Sally e Gillian. Demonstram , certamente, que são almas simpáticas, isto é, um afeto sincero que atravessou muitas e muitas vidas.
Na verdade, tudo o que pensamos atraímos. Se você procura a alma gêmea, a alma afim, certamente encontrará. Nossa mente procura avidamente aquela alma que sintoniza com a nossa. O amor atrai afetos e o merecimento atrai a felicidade.

Filme do ano de 1998 mas sempre vale a pena ver de novo!

Sandra Bullock e Nicole Kidman estão muito bonitas. O rosto de Sandra é um dos rostos mais harmônicos do cinema de Hollywood. Ela fotografa bem e tem olhos muito expressivos.

O que me encantou nesse filme foi justamente a Magia e a Sedução. A magia foi encarada com naturalidade. Aliás, como Sally (Sandra Bullock) afirmou:"Há uma bruxinha em cada um de nós."

Ainda há muito preconceito com tudo o que é considerado sobrenatural. No entanto, à medida que a ciência for se aprimorando todos os fenômenos serão comprovados cientificamente. Serão naturais.

Sobrenatural é ter o dedo amputado e acordar no dia seguinte com o dedo inteiro. Agora, o que é magia? É trabalhar com algumas leis da natureza e, principalmente , na crença. É a crença em algo , o começo da fé .
No entanto , nossa fé tem que ser baseada no bom senso e no raciocínio. Passou o tempo da fé cega , inconsistente e radical. Essa fé absurda provoca contendas, conflitos de religiões e atitudes impulsivas.

Vamos separar a magia da superstição. Vamos prestar atenção nos sinais que a vida nos dá , mas sem partir para a obsessão compulsiva. A magia tem um fim próprio que deve ser ligado ao Bem. Quando estudamos essas leis de causa e efeito estamos mais perto da razão.

Tudo começa com nossa atitude mental perante à vida. E a partir daí tomamos atitudes e fazemos escolhas. O livre arbítrio é a dádiva do ser humano. O príncipio da felicidade começa quando admitimos a responsabilidade perante nossa felicidade ou sofrimento.

Desse modo, não pautamos nossa vida apenas num destino já traçado. Sabemos que, a qualquer momento podemos mudar o nosso modo de pensar e até nosso karma de vidas passadas.

Jogar nossa vida nas mãos de rituais , feitiços pode ser perigoso. Ficamos simplesmente à mercê de forças que ainda desconhecemos.

Agora lidar com elas de forma adulta e responsável pode ser um elemento a mais de ajuda e apoio espiritual.

No filme. Sally explica para o promotor ( ele tem um olho verde e o outro azul) que o distintivo da polícia é apenas um símbolo da corporação. É a fé que faz com que os símbolos tenham vida. A crença parte da atitude mental.

Nos primórdios do tempo, os homens da idade da caverna acreditavam em Totens. Depois, vieram os deuses. E, dessa forma, vamos aprimorando nossa mente através dos séculos.
Antes, as bruxas eram queimadas em nome de uma fé cega, preconceituosa e radical.

Agora, vamos observar, raciocinar antes de criticar qualquer crença ou pessoa. Nada mais perigoso do que o preconceito. Ele provoca rixas e conflitos.

O tempo todo fazemos magia. Driblar o caos financeiro, rezar para ter o amor de volta, trabalhar para obter reconhecimento são atitudes que fortalecem a fé na felicidade. Queremos ser felizes.

Cada mente acessa o conteúdo que lhe é próprio. Acender velas, fazer rituais corresponde ao seu desejo de ser feliz, amar e ser amado. Tudo isso só faz sentido se houver amor e as leis de Harmonia forem respeitadas.

Para alçar o vôo rumo à evolução cada alma acessa a crença mais compatível com seus gostos, aptidões e interesses.

Fazer magia é agregar elementos materiais a um intenso desejo. Todos nós fazemos magia o tempo todo.

Magia: o dom de imaginar.

Assim, também prega a Lei de Atração!


Uma comédia leve e romântica, para assistir sozinho ou acompanhado.

Desperta sensações gostosas de enlevo, curiosidade e alegria.

E, quando o assunto é feitiçaria, é óbvio que gosto de opinar a respeito. É minha área!

Faça por merecer a felicidade que você busca e só a encontrará no amor.

Como disse , Sally:

Apaixone-se sempre que puder!

Gillian aconselha Sally:

Eu faria tudo pelo cara certo.

E como saber se encontrou a pessoa certa? Isso é assunto para outra matéria.


Magnolia Francisca

Observação:

Texto em itálico tirado na íntegra do site abaixo


www.adorocinema.com/filmes/da-magia-a-seducao/da-magia-a-seducao







Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003