Espiritismo - 01/03/2010
Cristina e Guto: almas comprometidas com o Mal





Cristina Ávilla Saboya faz da vida de Serena e Rafael um pesadelo constante. São esses os caminhos da inveja e da ambição: dor, sofrimento e angústia.

A inveja e ambição de Cristina a levam para um caminho de intrigas e mentiras. Serena e Cristina são dois espíritos muito diferentes. Quando Serena reencontrou Cristina sentiu algo diferente.Emoções negativas como a inveja, a maldade, despertam mal estar e angústia nas almas bondosas. Há uma leve intuição que nos faz sentir mal estar, dor, quando reencontramos um desafeto de vidas passadas. Não é uma emoção clara, mas um sentimento difuso, intuitivo.

Serena reencontra Guto ( Alexandre Barillari) e, quando o vê sente dores no peito e penosa aflição.

Quando Serena reencontrou Felipe, seu filho na encarnação como Luna sentiu uma emoção agradável e muito diferente da sensação experimentada quando reencontrou seus inimigos do passado: Débora, Cristina e Guto.

Se você revê alguém que lhe prejudicou nessa vida ou em vidas passadas não sente a mesma vibração.São energias e fluidos diferentes. O Mal é uma energia pesada, escura. Uma alma bondosa emite uma energia positiva e benfazeja.

Enquanto não formos puros o suficiente para nos desvencilhar dos véus da carne, estaremos sempre reencontrando afetos e desafetos de vidas passadas. O véu obscuro do passado é proteção que evita um Mal Maior. Como você se sentiria se soubesse que em sua casa mora um desafeto do passado? A sabedoria divina sempre tem em vista o Bem, o Perdão e a Misericórdia.

Serena sente a vibração odiosa de Guto , mas não sabe precisar o motivo. Durante a regressão à sua vida como Luna relembra o passado. Dessa maneira, a regressão a uma vida passada pode ser terapeutica. Tem como objetivo descobrir a verdade. Trazer paz ao espírito atormentado. E, por esse motivo, regressões a vidas passadas estão sendo feitas por profissionais habilitados. É um caminho muito sério, um tratamento que pode curar fobias e traumas.

Guto, Cristina, Raul, são inimigos de Serena na vida atual. Esses desafetos são causados pela inveja, orgulho e ambição desmedida. Enquanto passa por essas provas, Serena é protegida por seus amigos fiéis e pelo amor de Rafael.

Mesmo sofrendo ingratidões, a doutrina espírita nos ensina a vencer o ódio, os inimigos com o amor e o perdão. Não há efeito sem causa. A personagem Serena resgata dívidas e, mesmo assim, não desiste do caminho do amor e da retidão de caráter.

Enquanto isso, Cristina se afoga no próprio fel da maldade e do amor obsessivo.

Soltando a imaginação podemos prever que Cristina reencarnará na Terra novamente. E, um dia, se arrependerá de todo o mal feito. E só vai se libertar do ódio, da ambição, quando o sofrimento clarear seus sentimentos. O sofrimento para algumas almas é bálsamo purificador. É o encontro da verdade.

Guto acorda para o arrependimento através do perdão de Serena. Nesse instante, Guto toma consciência parcial dos seus erros e se sente envergonhado. A semente para o caminho da redenção.

Retomando o estudo do Livro dos Espíritos:

Capítulo VII- Relações Simpáticas e Antipáticas dos Espíritos, pg 143.

291. Além da simpatia geral, determinada pelas semelhanças, há afeições particulares entre os espíritos?

- Sim, como entre os homens. Mas o liame que une os Espíritos é mais forte na ausência do corpo, porque não está mais exposto às vicissitudes das paixões.
292. Há aversões entre os Espíritos?

- Não há aversões senão entre os Espíritos Impuros, e são estes que excitam entre vós as inimizades e as dissensões.
Guto se sente prejudicado por Cristina e começa a persegui-la depois da morte.

293. Dois seres que foram inimigos na Terra, conservarão os seus ressentimentos no mundo dos Espíritos?

- Não; compreenderão que sua dissensão era estúpida, e o motivo , pueril. Apenas os Espíritos Imperfeitos conservam uma espécie de animosidade, até que se purifiquem. Se não foi senão um interesse material o que os separou, não pensarão mais nele por pouco desmaterializados que estejam. Se não houver antipatia entre eles, o motivo da dissensão não mais existindo, podem rever-se com prazer.


Creio que Débora, Cristina e Guto talvez ainda estejam atraídos pelas más paixões. Guto , no entanto, começa a sentir emoções mais puras e vontade de se purificar. Se assim o continuar se libertará dos laços de Cristina e Débora. Os laços do ódio prendem as criaturas; os do amor as libertam.

294. A lembrança das más ações que dois homens cometeram, um contra o outro, é obstáculo à sua simpatia?

- Sim, ela os leva a se distanciarem.


A maldade, a ambição desmedida de Cristina afastam Rafael do seu caminho.

295.Que sentimento experimentam, após a morte, aqueles a quem fizemos mal nesse mundo?

- Se são bons, perdoam, de acordo com o vosso arrependimento. Se são maus, podem conservar o ressentimento, e por vezes vos perseguir até numa outra existência.Deus pode permiti-lo, como um castigo.
Creio que a punição merecida é obra de nossa consciência culpada. Deus não castiga ninguém. No entanto, suas leis são justas.


Talvez um dia, Cristina volte a Terra como filha de Rafael. Ele como espírito esclarecido, de bons sentimentos será capaz desse ato caridoso com vistas ao progresso do espírito de Cristina.

296. As afeições dos Espíritos são suscetíveis de alteração?

- Não, porque eles não podem enganar-se, não usam mais a máscara sob a qual se ocultam os hipócritas, e é por isso que as suas afeições são inalteráveis, quando eles são puros. O amor que os une é para eles fonte de uma suprema felicidade.






Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003