Relaxamento - 20/03/2011
A procura da alma gêmea



Ela sabia...

Ventava muito e ela procurava por ele febrilmente. Dentro do seu coração, da sua alma, na caixa de e-mails, nas mensagens de celular.
O amor é uma febre que jamais se cura. Não se sabe como acontece a união das almas que se procuram febrilmente por séculos. E, por vezes, se buscam, mas não se encontram. Parecem iguais. Ou seriam complementares. Castigo ou prêmio se procura como almas perdidas sequiosas de amor. E se inscrevem em redes sociais, perfis obscuros, numa busca desenfreada de amor e de aconchego.
Muitas almas permanecem perdidas em amores mal resolvidos, egos perdidos e sofrimentos sem fim.
Ela procurava sua alma gêmea com uma perseverança voraz daqueles seres que amam com intensidade.
Onde estaria ele? Será que estaria desencarnado à espera dela? Por que Amália se afligia numa busca sem fim? Tantos amores e sempre acabava sozinha e desiludida. Cada príncipe encantado no final era apenas um homem sem graça e cheio de defeitos.
Procurou incansavelmente através dos seus sonhos na cama sem graça de colcha estampada. Eram noites febris e solitárias buscando o infinito.
Você que está febrilmente buscando por amor, por carinho... Concentre-se no som do violino...
Solte-se...
Acredite.
Aquele que deseja amor... o terá;

Vídeo de JOHN SOKOLOFF- Valleys


Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003