Cinema - 05/04/2011
Chico Xavier



No centenário do nascimento de Chico Xavier, minha homenagem e lembrança. Se você ainda não assistiu o filme vale a pena independente de religião.

Nasci e cresci no meio espírita. Meu pai contava muitas histórias de Chico Xavier. E seus amigos , militantes do MOVIMENTO DE FRATERNIDADE preconizado pelo espírito de Scheila e grandes espíritas também privaram da companhia de Chico Xavier.

Quando eu tinha aproximadamente dez anos de idade fui com meu pai a Uberava para ver o Chico. Isso foi há muito tempo mas jamais me esqueci dessa viagem.

Meu pai e eu entramos numa fila e eu estava curiosa e trêmula. Lembro-me que, meu pai ao se aproximar do Chico perguntou sobre mim e sobre mediunidade.

E, meu pai recebeu através de Chico Xavier uma mensagem de Bezerra de Menezes falando sobre meu processo mediúnico.

Há algum tempo, meu pai e eu conversamos sobre aquele momento tão bonito. E ele me contou entre sorrisos que o papel com a mensagem havia desaparecido. Isso foi há muito tempo, não? Estou com 54 primaveras bem vividas.

Meu pai e Rafael Américo Ranieri( já falecido) costumavam viajar para encontrar Chico Xavier. E contavam sobre as sessões de materialização. E, o aroma de éter e flores que exalava do grande médium. Era a presença do espírito de Scheila que morreu num bombardeio durante a guerra.

São tantas as histórias que ainda vou anotar e contar para vocês.

Chico Xavier era um grande médium de efeitos físicos.

É uma história belíssima e verdadeira. Meu pai sempre repetia o caso das senhoras e da barata.

Nunca mais vi o Chico a não ser naquela caravana, mas há algum tempo sonhei com ele. O médium já havia desencarnado.

Foi um sonho maravilhoso! Eu o esperava sentada a uma mesa pequena e tosca. De repente, ele veio. Estava de boina e com a aparência serena. Magrinho. Ele se sentou e percebi que na mesa havia uma garrafa térmica.

Eu lhe fiz uma pergunta:

- Chico, o que eu faço? Umbanda ou Espiritismo?

Ele me respondeu:

- Siga o que lhe tocar o coração.

Foi só isso e acordei!

Esclarecimento: Rafael Américo Ranieri foi médium, delegado , militante espírita, escritor e prefeito da Cidade de Guaratinguetá- São Paulo duas vezes. Foi um grande amigo de Chico Xavier. Leia: Recordações de Chico Xavier- Rafael Américo Ranieri.



Sandra Cecília

 

Copyright © 2003-2009 Relax Mental
Sandra Cecília / Renato Augusto - Relax Mental - desde 13 de junho de 2003